Toledo do Brasil

Busca de produtos
Boleto XML

Ensak
Introdução

Sistema de Enchimento de Sacos Boca Aberta

Com recursos de autoconfiguração e autocorreção, proporciona ensacamento confiável, compensando as eventuais variações das características dos produto e dos equipamentos de manuseio.

Ensak
Saiba mais
Saiba mais Clique Aqui

ENSAK : Sistema Eletrônico de Enchimento

ENSAK I / ENSAK II - Ensacadeiras semiautomáticas

As ensacadeiras semiautomáticas Prix Ensak I e Ensak II incorporam conceitos de sistema de dosagem inteligentes de alta performance onde o controle analisa o fluxo de material a cada 5 sacos enchidos, antecipando ou não o corte da alimentação do produto, o que garante o menor erro possível a cada enchimento.

A operação é semiautomática, pois há necessidade do operador posicionar a boca do saco no funil da ensacadeira e acionar o sensor de prende saco para que se inicie o enchimento. Ambos os modelos são próprios para ensaque de produtos com boa fluidez, em sacos de boca aberta cujas capacidades podem variar de 8 a 60 kg.

Para sacos de baixa capacidade, é fornecido um adaptador sobressalente que será instalado na flange do funil original.

A Ensak I é apropriada para ensaque de produtos com boa fluidez e baixa densidade com volume útil de caçamba de até 140 litros. Os produtos mais utilizados são café, milho, canjica, ração extrusada e ração farelada. Para produtos farelados, há necessidade do uso de calhas vibratórias para alimentação lenta. Para este modelo, a fixação é feita no piso e será necessária uma estrutura de sustentação podendo ser fornecida pela Toledo do Brasil ou fabricada pelo cliente.

A Ensak II é apropriada para ensaque de produtos com boa fluidez, densidade superior a 0.75 t/m³ com volume útil de caçamba de até 80 litros. Os produtos mais utilizados são açúcar cristal e arroz beneficiado. Para este modelo, a fixação é feita no próprio silo e não será necessária uma estrutura de sustentação.