Fechar busca

Ajuste interno motorizado

Publicado em


  • Indique esse artigo
Ajuste interno motorizado

Dicas de como manter a exatidão em equipamentos de pesagem.

A exatidão em equipamentos de pesagem é uma das maiores preocupações da rotina de um laboratório e, naturalmente, para se ter sucesso nesse quesito é necessário tempo e dinheiro. Porém, existe um método de trabalho que resolve essas questões de forma automática. Isso é possível graças a uma funcionalidade existente em alguns modelos. Estamos falando do ajuste interno motorizado

O que é o ajuste interno motorizado?

Os resultados das pesagens são afetados por variáveis do ambiente, como mudanças na temperatura, desgaste natural decorrente do uso e diferenças na força da gravidade (Fator g). O fator g é principalmente afetado pela altitude e latitude de onde os equipamentos estão instalados. Para saber mais sobre fator g, clique aqui.  

No caso de uma balança nova, a força da gravidade muito provavelmente será diferente daquela onde o equipamento foi fabricado e ajustado. Por isso, para uma balança pesar corretamente, ela deve ser ajustada no local de instalação, mas esse problema pode ser facilmente resolvido. É aí que entra o ajuste interno motorizado. 

Conhecido popularmente como calibração interna, ajuste interno, ajuste interno automático, ou ainda calibração automática, esse recurso ajusta automaticamente a balança sem a necessidade de pesos externos.

Com isso, o sistema garante a redução da frequência de testes com pesos externos, ou seja, as calibrações (conferências) podem ser realizadas em períodos mais longos.

 

Como funciona?

O sistema conta com sensores de temperatura e pesos internos. Quando a balança identifica uma mudança significativa da temperatura ambiente a ponto de afetar a exatidão de pesagem, ela indica no display do equipamento a necessidade do ajuste interno. Nesse momento, por meio de uma tecla, o operador aceita a condição de ajuste. Então, a balança aciona os pesos internos para que eles compensem a diferença percebida. 

Há ainda a opção de o operador acionar esse sistema sempre que desejar. Esse processo todo é realizado em apenas alguns segundos.

Essa funcionalidade tem reconhecimento e aprovação do Inmetro.

Qual é o ganho obtido com o ajuste interno automático

Tempo, exatidão e redução de custos.

No dia a dia do laboratório, esta otimização traz ganhos significativos, a começar pelo fato de dispensar a presença de um técnico na própria instalação do equipamento para realizar o ajuste devido ao fator g. Basta montar, nivelar, esperar o tempo de aquecimento, acionar o ajuste interno motorizado e sua balança estará pronta para uso. Isso se traduz em economia de tempo e dinheiro. O mesmo acontece quando a balança for transportada para outro local. 

Mesmo considerando que a calibração com pesos externos tenha de ser feita periodicamente, é inegável a praticidade dessa funcionalidade.

Além disso, a probabilidade de retrabalhos diminuirá e o custo e o tempo com manutenções externas serão reduzidos. 

Vale reforçar também a segurança de um sistema que identifica a mudança de temperatura ambiente, que é uma das principais causas dos erros de pesagem, o que garante o melhor desempenho e a confiabilidade das medições realizadas.

* se quiser calcular o fator g da sua cidade, clique aqui


Comentários


  • Indique esse artigo