Fechar busca

Como a automação dos processos traz maior produtividade e lucratividade para o produtor

Publicado em


  • Indique esse artigo
Como a automação dos processos traz maior produtividade e lucratividade para o produtor

Guardian – o sistema de gerenciamento, automação da pesagem e controle de acesso de veículos – além de garantir segurança, confere os melhores resultados nas operações.

Automatizar processos, reduzir erros operacionais e perdas financeiras são fundamentais para o sucesso do produtor em seus negócios. São muitas soluções hoje disponíveis no mercado que trazem maior produtividade e lucratividade num cenário global competitivo. Exemplo disso é o Sistema Guardian, desenvolvido para o gerenciamento de veículos e que inclui, entre os serviços oferecidos, a automação de pesagem e o controle de acesso (dos veículos), acrescido da integração de dados. Na prática, o Guardian proporciona segurança no processo como um todo e, consequentemente, os melhores resultados nas operações.

Isso é possível, pois o Sistema Guardian, composto de hardware e software, faz a identificação automática do veículo utilizando tags (sistema RFID) e pode ainda fazer um duplo check por meio de OCR (*), controla o fluxo (rota) dos veículos dentro das empresas, para garantir o acesso só em locais autorizados e faz outras verificações.

Os serviços disponibilizados pelo sistema podem ser ampliados com a inclusão de acessórios como cancelas, semáforos, sensores de posicionamento, câmeras (para fotografar veículo e carga), displays de mensagens para orientar os motoristas, impressores e outros hardwares. Dessa forma, aumenta-se a segurança da pesagem e do transporte (permite o bloqueio de veículos não autorizados) e elimina-se fraudes, com sensível redução de custos.

O processo tem início com a correta pesagem do veículo (tara e bruto) e conferência do peso de origem (peso da carga), na última pesagem, conforme a nota fiscal. Pode ser feito também a pesagem por eixo, para verificação da distribuição da carga, e não correr o risco de ser multado por excesso de peso durante a viagem. 

As informações integradas ao sistema (como fornecedor, cliente, transportadora, carga, peso etc) são disponíveis em relatórios, tickets de pesagem e via web, por meio do aplicativo GW (Gestor Web). O sistema também dispõe de interface de comunicação para integração de dados com ERP’s (*). Ressalta-se que a integração e a facilidade de acesso aos dados se traduzem em confiabilidade, a partir do controle e garantia do processo, fidelidade (entre cliente e fornecedor) e em aumento de produtividade.

Enfim, o sistema Guardian da Toledo do Brasil traz muitos benefícios para o empresário e pode ser implantado no campo, indústrias, portos e ferrovias, entre outros.

Conheça os significados das siglas:

(*) RFID  - Identificação por radiofrequência,  criada para substituir a leitura por código de barras convencional.

(*) OCR (na sigla em inglês) - Reconhecimento ótico de caracteres.  

(*) ERP (sigla em Inglês) - Enterprise Resource Planning, ou seja, Sistema de gestão empresarial.

 


Comentários


  • Indique esse artigo