Fechar busca

Dicas para conservar a balança de caminhão

Publicado em


  • Indique esse artigo
Dicas para conservar a balança de caminhão

A correta manutenção prolonga a vida útil da balança de caminhão.

Manter uma balança de caminhão em perfeito funcionamento, e prolongar sua vida útil por mais tempo é mais fácil do que se possa imaginar. Importante lembrar que uma balança bem conservada, além de reduzir os custos de manutenção, resulta em economia para seu proprietário. Assim sendo, seguem algumas dicas para que o equipamento de pesagem funcione adequadamente, contribua na eficiência do processo operacional como um todo, gerando mais lucros para o negócio. São elas:

Instalação adequada: a balança de caminhão deve ser instalada segundo a recomendação do fabricante. No caso das balanças semi-embutidas e embutidas, deve ser construído um sistema de esgotamento de água pluvial, conforme determinado (orientado pela fabricante). Não existindo saída de água, será necessário providenciar um sistema de drenagem.

Calibração da balança: antes de dar início ao processo de pesagem, a balança de caminhão precisa estar zerada. Em função de detritos sobre a plataforma (lama e água de chuva, entre outros), o equipamento pode estar fora de zero. Em caso de dúvida, basta fazer um teste de fidelidade. Esse teste consiste em posicionar várias vezes um veículo carregado sobre a plataforma, sendo que o valor de peso deverá ser sempre o mesmo. Outra dica para conservar a calibração é evitar que veículos transitem na plataforma de pesagem, sem necessidade.

Desnível na cabeceira: desníveis entre a plataforma de pesagem e as cabeceiras podem indicar ou provocar o desgaste de peças. Daí a necessidade periódica de manter o nivelamento entre plataforma de pesagem e cabeceiras.

Plataforma livre: a plataforma da balança de caminhão precisa estar livre de oscilação (agarramento) para operar adequadamente. A plataforma não oscila livremente quando ocorre a regulagem incorreta dos limitadores (consulte “Como ajustar os limitadores das balanças”, no guia de pesagem do fabricante). A má conservação das bordas da plataforma e do fundamento e peças em adiantado estado de desgaste também ocasionam oscilações (nesses casos, contate a assistência técnica do fabricante). Há, ainda, a questão do acúmulo de resíduos, impossibilitando os movimentos da plataforma. 

Limpeza da plataforma:  independente da aplicação, a plataforma da balança de caminhão deve estar livre de resíduos de lama e água, entre outros. Os resíduos precisam ser removidos periodicamente para evitar pontos de impacto e possíveis “agressões” contra a plataforma de pesagem.

Ajuste de limitadores: os limitadores da balança devem estar regulados de 3 a 5 mm de distância. Há necessidade de inspeção periódica. Quanto maior a utilização, maior a frequência. O fabricante sugere inspeção a cada 6 meses ou quando necessário.

Perfil de carregamento: importante seguir a orientação do fabricante quanto ao limite de carga máxima permitida e carga concentrada para preservar a segurança operacional e a conservação da balança. Caso haja necessidade de pesar veículos de dimensões e cargas superiores às especificações, é preciso contatar o fabricante do equipamento.

Serviços de solda: para reparos de solda na estrutura da balança há necessidade de retirar as células de carga. Cabe ao fabricante providenciar a retirada das células de carga.

Sinalização para o motorista: para melhor utilização e manutenção do sistema de pesagem da balança de caminhão, o motorista deve ser orientado através de sinalização de placas. Por exemplo, importante avisá-lo que não se deve frear ou acelerar bruscamente sobre a plataforma de pesagem, evitando assim o desgaste prematuro de peças. 

Lançamento: sempre visando melhor atender seus clientes, a Toledo do Brasil disponibiliza Guias sobre pesagem com informações práticas e úteis para o consumidor. Além disso, a empresa está lançando o hotsite da Balança de Caminhão 950i. Conheça esse novo canal de comunicação através do site!


Comentários


  • Indique esse artigo