Fechar busca

Entenda o novo modelo de placa padrão MERCOSUL

Publicado em


  • Indique esse artigo
Entenda o novo modelo de placa padrão MERCOSUL

Com quatro letras e três números, o novo modelo é o inverso do atualmente adotado, e foi adiado para entrar em vigor em todo o País em junho.

O novo modelo de placa padrão MERCOSUL tem data para entrar em vigor: 30 de junho de 2019, data limite para os departamentos de trânsito dos estados e do Distrito Federal (DF) implantarem o novo modelo. A nova placa, no entanto, só é obrigatória para o primeiro emplacamento, no caso de transferência de cidade ou de propriedade, ou quando houver a necessidade de substituição das placas.

Já o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) pode autorizar redução de até 15% no tamanho quando a placa não couber no receptáculo, porém preservando as posições onde estão estampados o QR Code e distintivo BR.

A cor de fundo será branca, o que muda é a cor da fonte para diferenciar o tipo de veículo: preta para os de passeio, vermelha para os comerciais, azul para os oficiais, verde para aqueles em teste, dourado para os automóveis diplomáticos e prateado para os colecionadores.

Veja o modelo da nova placa:

Com quatro letras e três números, o novo modelo é o inverso do atualmente adotado, e foi adiado para entrar em vigor em todo o País em junho

Importante lembrar que, os veículos que forem emplacados a partir de julho deste ano, deverão adotar o novo modelo de placa do Mercosul. Atenta à demanda de mercado, a Toledo do Brasil fez uma atualização no Guardian, o sistema de gerenciamento, pesagem e automação de veículos. Na prática, o Guardian faz o controle de acesso do veículo e gerenciamento da pesagem, aumentando a segurança (permite o bloqueio de veículos não autorizados), eliminando erros e fraudes. O sistema pode ser implantado em diferentes áreas, tais como: no campo, indústrias, portos e ferrovias, entre outros.

Mudança das placas mercosul


Comentários


  • Indique esse artigo