Fechar busca

Guia de boas práticas para conservação de balanças de caminhões

Publicado em


  • Indique esse artigo
Guia de boas práticas para conservação de balanças de caminhões

Uma balança bem conservada gera redução de custos de manutenção e funciona por mais tempo. Alguns cuidados básicos podem refletir em vantagens como o aumento da eficiência nos processos operacionais para o proprietário do equipamento.

Acompanhe a seguir as dicas:

1 - Acúmulo de resíduos sobre a plataforma de pesagem.

Em algumas aplicações, poderá ocorrer o acúmulo de resíduos em cima da plataforma. Estes resíduos devem ser removidos periodicamente para evitar pontos de impacto e possíveis “agressões” contra a plataforma de pesagem.

2 - Acúmulo de resíduos, lama e água sob a plataforma de pesagem.

Para facilitar a manutenção e permitir a oscilação livre da balança, evite o acúmulo de resíduos, lama ou água por baixo da plataforma de pesagem. Caso sua balança apresente alguma dessas situações, providencie sua limpeza.

Dica:

Para as balanças semi-embutidas e embutidas, deve ser construído um sistema de esgotamento de água pluvial, conforme desenho enviado pela Toledo do Brasil. Não existindo saída de água, providencie um sistema de drenagem.

3 - Balança fora de zero.

Antes de efetuar a pesagem, quando aplicável, zere a balança. A balança poderá estar fora de zero em função de detritos sobre a plataforma: lama, água de chuva, etc.

Dica:

Em caso de dúvidas, faça um teste de fidelidade. Posicione várias vezes um veículo carregado sobre a plataforma. A balança deverá indicar sempre o mesmo valor de peso.

4 - Plataforma sem oscilação livre (agarramento).

Quando a plataforma da balança não oscila livremente, pode significar:

  • Acúmulo de resíduos, impossibilitando os movimentos da plataforma. Providencie a limpeza da balança;
  • Peças em adiantado estado de desgaste. Contate a Assistência Técnica Toledo do Brasil;
  • Regulagem incorreta dos limitadores. Veja a seção Ajuste dos Limitadores das Balanças;
  • Má conservação das bordas da plataforma e do fundamento. Contate a Assistência Técnica Toledo do Brasil.

5 - Passagem constante pela balança.

Evite que os veículos transitem na plataforma de pesagem sem necessidade. Isso conserva a calibração e aumenta a vida útil do equipamento.

6- Frear ou acelerar bruscamente sobre a plataforma.

Para melhor conservar o equipamento, evitar o desgaste prematuro de peças e aumentar a segurança na operação, não se deve frear ou acelerar bruscamente sobre a plataforma de pesagem.

Dica:

Recomendamos a utilização de placas de sinalização e orientação para os motoristas.

7 - Cuidados ao efetuar serviços de solda.

Não realize serviços de solda na estrutura da balança sem retirar as células de carga. Quando houver a necessidade da utilização de solda na estrutura, contate o fabricante para providenciar a retirada das células de carga.

8 - Balança desnivelada nas cabeceiras.

Desníveis entre a plataforma de pesagem e as cabeceiras podem indicar ou provocar o desgaste de peças. Verifique periodicamente o nivelamento entre plataforma de pesagem e cabeceiras.

9 - Ajuste dos limitadores das balanças - para-choques.

Os limitadores da balança devem estar regulados de 3 a 5 mm de distância. Quando necessário, efetue a regulagem.

Dica:

Faça uma inspeção nos limitadores de sua balança periodicamente. Quanto maior a utilização, maior a frequência. A sugestão é uma inspeção a cada 6 meses.

10 - Ultrapassar a capacidade máxima da balança.

Para a segurança operacional e a conservação da balança, não efetue pesagens de veículos com peso superior à capacidade máxima.

Caso necessite pesar veículos de dimensões e cargas superiores às especificações de sua balança, contate o fabricante do equipamento.

11 - Deixar cargas ou caminhões sobre a plataforma por períodos longos.

A balança deve ser utilizada exclusivamente para pesagem de veículos. Deve-se evitar seu uso como estacionamento.

Com esses cuidados a vida útil da balança fica muito maior. Se você gostou e quer receber mais dicas, cadastre-se no blog.


Comentários


  • Indique esse artigo