Toledo do Brasil

Busca de produtos
Boleto XML
Navegue pelas categorias:

MWS para Hospitais (SP)

Solução da Toledo do Brasil leva controle de processo a grande hospital de São Paulo

Pontos de controle equipados com software MWS permitiram controle do enxoval hospitalar




Cliente

Cliente

Inaugurado em agosto de 1965 em São Paulo, este hospital é considerado uma referência internacional em saúde. Com quase 500 leitos em suas oito unidades pelo Brasil, o centro médico atende mais de 120 mil pacientes anualmente em suas instalações, com mais de 40 especialidades da área médica.

Problema

Problema

Por se tratar de um grande hospital que atende centenas de pacientes diariamente, uma das principais atividades do centro médico era a higienização do enxoval hospital. Lençóis, roupas de cama e roupas médicas saiam diariamente para lavagem numa lavanderia fora do hospital devido à alta quantidade de itens do enxoval.

Operando com média de 5.700 kg de enxoval por dia, cerca de 11 kg por leito, o hospital não tinha um controle fiel de entrada e saída dos itens para lavagem e dos resíduos para descarte. A direção do hospital tinha dúvidas se a lavanderia pesava os objetos corretamente, se alguma peça que foi não voltou e se o valor real cobrado para higienização das peças do enxoval estava correto, já que a lavagem era cobrada por quilo de roupa. Como consequência disto, não se sabia se sobrava ou se faltava material para atender os pacientes.

Solução

Solução

Para controle do processo, o hospital procurou a Toledo do Brasil, a líder de pesagem no pais, para que fosse desenvolvido um controle desta parte do processo. Foram instalados dois pontos de controle na lavanderia da unidade hospitalar em São Paulo, um para controle do enxoval e outro para controle de descartes de resíduos. Cada ponto de controle contém uma balança, um terminal de pesagem, um leitor de código de barras e um impressor.

Para cada envio de material a ser lavado ou descartado, os operadores do hospital pesam e cadastram o item e o setor no software MWS da Toledo do Brasil. Feito isso, os materiais são enviados aos fornecedores específicos de cada processo, para assim, através da leitura do código de barras impresso anteriormente, seja feito o controle de estoque de material limpo e descartado separadamente, garantindo a rastreabilidade de todo o enxoval e seus processos.

Ganhos

Ganhos

Com a solução da Toledo do Brasil, o hospital passou a ter organização e controle dos itens, pesos e quantidades que saem da unidade tanto para descarte como para lavagem. Ao final de cada mês, é emitido um relatório para que cada setor saiba o que possui em estoque, o quanto de material foi descartado e se é necessária uma nova compra.

Segundo um dos responsáveis pelo setor de Compras do hospital, a solução da Toledo do Brasil trouxe principalmente confiabilidade da informação e redução de custos, já que ter o controle de itens do enxoval reduz perdas e desperdícios. Além disso, o centro hospitalar passou a ter organização e controle dos itens e quantidades em estoque, rastreabilidade do envio e recebimento dos materiais e confiança no valor pago a seus fornecedores.

 

Problema

ProblemaResumo

  • Falta de controle no envio e recebimento do enxoval para lavagem;
  • Falta de controle no envio de resíduos para descarte;
  • Falta de confiança no valor calculado por peso pela lavanderia.
Implicações

ImplicaçõesResumo

  • Prejuízo com reposição de materiais perdidos;
  • Falta de enxoval para atender os pacientes.
Solução

SoluçãoResumo

  • Software MWS para controle e rastreabilidade do processo.
Ganhos

GanhosResumo

  • Confiabilidade da informação;
  • Rastreabilidade dos itens que entram e saem do hospital para lavagem;
  • Redução de custos, perdas e desperdícios;
  • Controle do envio de resíduos para descarte;
  • Controle das peças do enxoval em estoque.

Outras soluções deste Case

Se você notou alguma semelhança desse caso com as suas necessidades, a Toledo do Brasil pode resolver.
Entre em contato para mais informações.

Compartilhe

  • Pin it